RADIOWEB ZUMBI DOS PALMARES

quarta-feira, junho 22, 2011

Política pública dos terrenos públicos

Imagem de satélite de uma das áreas da transação (Google Maps)
Toda a gritaria da mídia local, de setores imobiliários e do empresariado do setor de shoppings da capital, João Pessoa, em torno do anúncio da transação de terrenos públicos nos bairros de Mangabeira e do Ernesto Geisel, entre o Governo da Paraíba e uma empresa privada do setor, deve ser vista como um grave sintoma das relações espúrias entre o público e o privado, herança de uma ideologia neo-liberal que contaminou até as hostes dos grupos autodenominados "socialistas".

O mais esquisito nisto tudo é o fato de que as comunidades envolvidas na suposta transação não serão ouvidas pelo poder público para dizer se preferem um shopping ou um complexo policial. Como morador aqui do Geisel, obviamente, estava contente com a vocação do bairro para os grandes magazines que estão se instalando ali perto da BR 230. No caso da Acadepol, espero que, em vindo prá cá, abra sua estrutura para usufruto da nossa comunidade, como áreas esportivas, biblioteca, acesso à internet e serviços de saúde.

A crise mostra que precisamos desenvolver com urgência políticas públicas de ocupação dos terrenos públicos em João Pessoa e nas demais cidades paraibanas. Não bastam os chamados planos diretores, é indispensável que a comunidade participe da construção de políticas públicas que regulamentem essa atividade, afinal, todo o impacto da implantação dos "equipamentos", sejam eles centros de compras ou academias militares, vai recair sobre a comunidade que recebe as obras.

///////////////////////////////////


AfroNordestinas lança CD no Santa Roza

O disco vem cheio de elementos da música eletrônica, brasileira e  hip hop, diz Kalyne Lima a rapper, compositora, produtora cultural, militante do movimento hip hop. "O grupo faz parte da história cultural da paraíba desde 2003, busca dar o melhor para representar musicalmente o estado, estão na batalha do independente, chamam isso de guerrilha cultural. O CD é produzido pelo DJ Guirrai", informa Kalyne.

O Grupo é vencedor de diversos prêmios locais e nacional de música, referência no cenário feminino da música rap paraibana. "As músicas trazem bastante melodias, defendem, em grande maioria, temas como autovalorização, empoderamento e autoestima", acrescenta a rapper pessoense.

Três faixas do novo álbum podem ser baixada pelos links abaixo:

http://www.4shared.com/audio/VQ8wIMsF/ESSA_LUTA.html

http://www.4shared.com/audio/-sfgKz-p/NEGO.html

http://www.4shared.com/audio/GYY0VjQs/SE_TU_ACREDITA.html

 //////////////////////////////////////////////////////////
Coco da Paraíba no palco

São João pela Net



A Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP) terá um hotsite para transmitir ao vivo os principais shows da programação do ‘São João de João Pessoa – o melhor da gente’. A transmissão acontecerá pelo site oficial da Prefeitura (www.joaopessoa.pb.gov.br). As imagens, geradas pela TV Cidade João Pessoa estarão no ar a partir das 19h, dos dias 23, 26, 28 e 29, diretamente do Ponto de Cem Réis. A TV Cidade montará uma estrutura com quatro câmeras e uma mesa de corte no local dos shows. Depois, esse material será transmitido ao vivo pelo link http://www.ativawebgroup.com/saojoao2011/ de banda larga locado pela PMJP, que tem capacidade para 20 mil acessos simultâneos. No primeiro dia de transmissão, quem estiver conectado com a internet poderá acompanhar as apresentações do Coco Novo Quilombo de Gurugi e dos violeiros Antônio Batista e Severino Paulo, no palco da cultura popular.

Com relise da PMJP 


 /////////////////////////////

Guaracity tem sua região meltropolitana

Fonte: PortalMidia.net
Aos poucos minha cidade natal vai ganhando ares de "metrópole". Essa semana os deputados aprovaram o projeto de Lei Complementar de autoria da deputada Lea Toscano (PSDB),  criando a Região Metropolitana de Guarabira, que será integrada, além da própria "Rainha do Brejo", pelos  municípios de Alagoinha, Araçagi, Belém, Borborema, Caiçara, Cuitegi, Dona Inês, Duas Estradas, Lagoa de Dentro, Logradouro, Mulungu, Pilões, Pilõezinhos, Pirpirituba, Serra da Raiz, Sertãozinho e Serraria.
Toscano explicou que o seu projeto pretende racionalizar as ações comuns aos municípios envolvidos, em áreas como saneamento básico, saúde, educação, segurança pública, e também fortalecer esses municípios limítrofes através da sua integração, o que facilitará a destinação de recursos, a elaboração de projetos, a implementação de ações e políticas públicas de governo e a administração dos seus problemas comuns cujas soluções convergem para a cidade-pólo. Juntos, esses municípios somam uma população de 131.442 habitantes.
Com informações do http://www.pbhoje.com.br

///////////////////////////////////

Banana ao racismo

Mais uma vez o jogador brasileiro Roberto Carlos, ex-lateral esquerda da Seleção Brasileira, passa por constrangimentos nos campos de futebol da Europa. Desta vez a agressão ocorreu na Rússia, quando torcedores lançaram uma banana dentro do campo. Esse tipo de insulto se tornou comum no Velho Continente contra jogadores africanos e latinoamericanos. Roberto Carlos, que atua no Anzhi, se retirou imediatamente da partida. O racismo é vergonhoso em qualquer situação. Mais para o agressor do que para a vítima. Parafraseando Chico Cesar, futebol não tem cor!

Racismo: Roberto Carlos não dribla preconceito (Foto AFP)

















/////////////////////////////////


Fórum vai discutir mídia e violência

A Associação Brasileira de Radiodifusão Comunitária na Paraíba (ABRAÇO-PB) vai participar do Fórum Paraíba Unida pela Paz: Articulando Governos, polícias e comunidades, que vai ocorrer entre os dias 6 e 8 de julho, em João Pessoa. O evento é uma realização da Secretaria de Estado da Segurança e da Defesa Social da Paraíba. A ABRAÇO-PB indicou os nomes de José Moreira e de Dalmo Oliveira, para comporem a Câmara Temática “Mídia, segurança pública e cultura da paz”, que deverá ser criada durante o evento. Maiores informações poderão ser obtidas com a Capitã da PM Elisângela, pelos telefones 3218.5965 ou 3218. 5687, ou também pelo email: forumparaibaunidapelapaz@ssp.pb.gov.br