RADIOWEB ZUMBI DOS PALMARES

terça-feira, junho 14, 2011

RÁDIO LIVRE JÁ!

por Pedro Osmar 
A luta pela democratização dos meios de comunicação na cidade de João pessoa tem levado artistas e músicos a se concentrarem de novo para uma caminhada nova, uma caminhada de preparo e mobilização que tem feito com que realizem oficinas, palestras e debates sobre o tema da rádio livre, uma rádio democratizada e em condições de trabalho popular nas comunidades. É a ação educativa do FÓRUM DE MÚSICA DE JOÃO PESSOA que resgata o trabalho iniciado pelo Musiclube da Paraíba nos anos 80, que conquistaria para a cidade a geração de artistas como Chico César, Totonho, Milton Dornellas, Adeildo Vieira, Escurinho, Paulo Ró, Dida Fialho, João Linhares, Jarbas Mariz, entre outros. E esses artistas merecem o respeito de todos nós! E há uma nova geração que chega para ocupar também o seu lugar de destaque na grande mídia!
Nos anos 80 os artistas foram às ruas protestar contra essa marginalização e escanteamento, empunhando faixas e lançando manifestos a partir de uma pergunta básica: PORQUE A MÚSICA DA PARAÍBA NÃO TOCA NO RÁDIO PARAIBANO? E hoje a pergunta é a mesma, porque nada mudou! A luta dos artistas para que a produção paraibana de música chegue até às rádios e TVs comerciais é infrutífera, visto que a lógica violenta dos programadores de rádio ainda é a de massacre do produto local, de escanteamento e desrespeito a todos os pesquisadores que procuram traduzir os valores de uma cultura local/regional/nacional e de mundo, numa simples canção. Há que se debater a democracia e exigir o socialismo desse ato democrático, porque esta é a tendência no governo do Brasil, e da Paraíba! E porque essa tendência democratizante não chega aos meios de comunicação?
O resgate dessa luta nesse momento responde a algumas perguntas que foram engavetadas pelo conformismo e pelo engano de muitos de nós, fazendo com que politicamente nossos artistas e suas produções ficassem imobilizados, à mercê de uma postura caduca e reacionária dos “donos” dos meios de comunicação comerciais, alienando uma postura que nunca lhes colocou à frente do seu tempo (e precisamos investir, sim, nesses passos à frente!). A resposta não poderia ser outra: o Fórum de Música de João Pessoa parte então para reposicionar politicamente o debate, agindo pelo viés do falar alternativo e independente, tendo o estudo, o pensar e o agir da RÁDIO LIVRE JÁ!, como saída para tornar a música paraibana, em diversidade estética, ética e técnica, no contexto da cultura em geral, conhecida do grande público. Sendo este o objetivo inicial para um reposicionamento crítico dos artistas paraibanos diante deste massacre de nosso produto cultural! 
O evento RÁDIO LIVRE JÁ! É a resposta inicial, reunindo músicos, cantores, compositores e produtores em torno da idéia de construção de uma “rádio livre” para o Fórum de Música de João Pessoa (seja ela web rádio, AM ou FM). Daí que nós estamos vindo à rua de novo para provocar o amplo debate, o necessário debate crítico e público sobre a “Democratização dos meios de Comunicação”, de forma que possamos gerar uma nova expectativa. Relembrando: foi criado um projeto/processo para marcar a nossa opinião: A primeira apresentação desta campanha de democratização se deu no começo de maio (dia 06, no espaço Multicultura), reunindo o pessoal do reggae: Febuk e Banda Santo Graal, Grupo Ativamente e Tribo Ras; E nesta quinta feira, dia 16 de junho, às 19hs, reunirá também, no Teatro Santa Roza, aOrquestra Sanfônica do Balaio Nordeste, o Jaguaribe Carne (Pedro Osmar e Paulo Ró), o rapper Scobá, o grupo Atitude Urbana (Ed e Eds) e Febuk e Banda Santo Graal, para mais uma atitude. O evento beneficente (toda a renda será revertida para a compra do equipamento de rádio) tem o apoio da Funjope.
A idéia é resgatar o debate sobre rádio livre, do pensar e agir rádio alternativa, de mobilizar os artistas, políticos, intelectuais e a população para que não tenhamos que ficar à mercê da lógica das rádios comerciais que só tocam o sucesso do momento, que só tocam o mesmo artista durante meses, que trabalham a partir da lógica perversa de um capitalismo selvagem que atua nos meios de comunicação, com autoritarismo e desrespeito aos nossos artistas, bem como à nossa cultura local.
Estamos vindo à público lembrar que vivemos numa democracia!
Estamos vindo à público dizer que não vamos ficar calados diante dos autoritarismos praticados pela grande mídia! E nossas armas são nossas atitudes! É a nossa música, a nossa poesia, a nossa utopia!
ANTES ARTE DO QUE TARDE!

Fórum de Música de João Pessoa.

...................................................................................................................................................
SERVIÇO:
Show “Rádio Livre Já! Com a participação da Orquestra Sanfônica do Balaio Nordeste, Jaguaribe Carne, Scobá, Atitude Urbana e Febuk e Banda Santo Graal.
Onde: Teatro Santa Roza.
Dia e hora: 16 de junho de 2011, às 19hs.
Ingressos: R$10,00 (inteira) e R$5,00 (meia).
/////////////////////////////////////////////////////////////


Postes falantes
Rádios-postes: interesse comunitário


Quando se trata de rádios-postes, é preciso garantir que a discussão seja feita por vários segmentos sociais, sendo o principal deles a comunidade onde os "serviços de alto-falantes" serão instalados. Agora mesmo a Câmara Municipal de João Pessoa retoma a discussão da regularização desse serviço, defendendo que o controle seja atribuído à SECOM municipal. Mas como se trata de uma intervenção urbana, é indispensável que os órgãos da fiscalização ambiental sejam ouvidos. Me parece que essa discussão na Câmara é infrutífera enquanto os vereadores não tiverem coragem de discutir e aprovar o Conselho Municipal de Comunicação, instância de controle social indispensável à vida democrática atual, sistematicamente boicotada por setores do empresariado da comunicação local. 
/////////////////////////////////////////////////////////

Mídias públicas em debate

A Representação da UNESCO no Brasil e a Empresa Brasil de Comunicação (EBC)/TV Brasil realizam, nos próximos dias 30 de junho e 1º de julho, o Seminário Internacional de Mídias Públicas: Desafios e Oportunidades para o Século XXI.

O evento reunirá, na sede da EBC, em Brasília, alguns dos maiores especialistas internacionais em radiodifusão pública, representantes de entidades e dirigentes de empresas de comunicação da América Latina, dos Estados Unidos e da Europa.

O evento debaterá experiências de comunicação já implantadas e o futuro destas mídias no século que se inicia, marcado por grandes transformações tecnológicas que têm impacto nas comunicações em geral. Entre os temas a serem discutidos estão os modelos de gestão, os modelos de financiamento, transparência, accountability e autoregulação, manuais de jornalismo público, produção de conteúdos e programação.

O Seminário será aberto no dia 30/06, às 9h, em mesa que terá a participação da Ministra-Chefe da Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República, Helena Chagas, do Representante-Adjunto da UNESCO no Brasil, Lucien Muñoz, da Presidente do Conselho da EBC, Ima Guimarães Vieira, e da Diretora Presidente da EBC, Tereza Cruvinel.

Mais informações
UNESCO no Brasil – Assessoria de Comunicação
Ana Lúcia Guimarães - (61) 2106 3536, ana.guimaraes@unesco.org.br
Isabel de Paula – (61) 21063538, isabel.paula@unesco.org.br

Empresa Brasil de Comunicação (EBC).
Comunicação Social: 61- 3799- 5231 e 3799-5234.
////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////

Samba de raiz na Ladeira


Neste sábado,18, O Ateliê Multicultural Elioenai Gomes vai rolar mais uma edição do Casa de Bamba. O evento visa a valorização e difusão da cultura paraibana no Centro Histórico da capital. Segundo o produtor cultural, Danylo Aguiar, Casa de Bamba "é um projeto quinzenal que levará às ruas do Varadouro o que há de melhor em samba de raiz, proporcionando um encontro intimista entre artistas e amantes da boa música".

Uma roda de maculelê abre o evento a partir das 16h30. Logo depois trará o Clube do Samba de Mesa, juntamente com as participações especiais dos sambistas pernambucanos Jorge Riba e Luiza Pérola, além da participação dos músicos paraibanos Chico Limeira, Macaxeira Acioli, Danylo Aguiar, entre outros.

O Ateliê Multicultural Elioenai Gomes fica na Ladeira da Borborema, antiga morada do poeta popular Caixa D´Água, paraibano considerado patrimônio cultural da cidade de João Pessoa.

Serviço:
O que? Casa de Bamba – Samba de mesa no Ateliê
Quando? Sábado 18/06
Onde? Ateliê Multicultural Elioenai Gomes. Ladeira da Borborema, 101, Centro Histórico (Próximo à Catedral Nossa Senhora das Neves).
Horário? 16h 30
Ingressos: Individual r$7 | Mesas r$ 30 (4 pessoas)
Informações: 87309629 :: 88030786