RADIOWEB ZUMBI DOS PALMARES

terça-feira, junho 14, 2011

RÁDIO LIVRE JÁ!

por Pedro Osmar 
A luta pela democratização dos meios de comunicação na cidade de João pessoa tem levado artistas e músicos a se concentrarem de novo para uma caminhada nova, uma caminhada de preparo e mobilização que tem feito com que realizem oficinas, palestras e debates sobre o tema da rádio livre, uma rádio democratizada e em condições de trabalho popular nas comunidades. É a ação educativa do FÓRUM DE MÚSICA DE JOÃO PESSOA que resgata o trabalho iniciado pelo Musiclube da Paraíba nos anos 80, que conquistaria para a cidade a geração de artistas como Chico César, Totonho, Milton Dornellas, Adeildo Vieira, Escurinho, Paulo Ró, Dida Fialho, João Linhares, Jarbas Mariz, entre outros. E esses artistas merecem o respeito de todos nós! E há uma nova geração que chega para ocupar também o seu lugar de destaque na grande mídia!
Nos anos 80 os artistas foram às ruas protestar contra essa marginalização e escanteamento, empunhando faixas e lançando manifestos a partir de uma pergunta básica: PORQUE A MÚSICA DA PARAÍBA NÃO TOCA NO RÁDIO PARAIBANO? E hoje a pergunta é a mesma, porque nada mudou! A luta dos artistas para que a produção paraibana de música chegue até às rádios e TVs comerciais é infrutífera, visto que a lógica violenta dos programadores de rádio ainda é a de massacre do produto local, de escanteamento e desrespeito a todos os pesquisadores que procuram traduzir os valores de uma cultura local/regional/nacional e de mundo, numa simples canção. Há que se debater a democracia e exigir o socialismo desse ato democrático, porque esta é a tendência no governo do Brasil, e da Paraíba! E porque essa tendência democratizante não chega aos meios de comunicação?
O resgate dessa luta nesse momento responde a algumas perguntas que foram engavetadas pelo conformismo e pelo engano de muitos de nós, fazendo com que politicamente nossos artistas e suas produções ficassem imobilizados, à mercê de uma postura caduca e reacionária dos “donos” dos meios de comunicação comerciais, alienando uma postura que nunca lhes colocou à frente do seu tempo (e precisamos investir, sim, nesses passos à frente!). A resposta não poderia ser outra: o Fórum de Música de João Pessoa parte então para reposicionar politicamente o debate, agindo pelo viés do falar alternativo e independente, tendo o estudo, o pensar e o agir da RÁDIO LIVRE JÁ!, como saída para tornar a música paraibana, em diversidade estética, ética e técnica, no contexto da cultura em geral, conhecida do grande público. Sendo este o objetivo inicial para um reposicionamento crítico dos artistas paraibanos diante deste massacre de nosso produto cultural! 
O evento RÁDIO LIVRE JÁ! É a resposta inicial, reunindo músicos, cantores, compositores e produtores em torno da idéia de construção de uma “rádio livre” para o Fórum de Música de João Pessoa (seja ela web rádio, AM ou FM). Daí que nós estamos vindo à rua de novo para provocar o amplo debate, o necessário debate crítico e público sobre a “Democratização dos meios de Comunicação”, de forma que possamos gerar uma nova expectativa. Relembrando: foi criado um projeto/processo para marcar a nossa opinião: A primeira apresentação desta campanha de democratização se deu no começo de maio (dia 06, no espaço Multicultura), reunindo o pessoal do reggae: Febuk e Banda Santo Graal, Grupo Ativamente e Tribo Ras; E nesta quinta feira, dia 16 de junho, às 19hs, reunirá também, no Teatro Santa Roza, aOrquestra Sanfônica do Balaio Nordeste, o Jaguaribe Carne (Pedro Osmar e Paulo Ró), o rapper Scobá, o grupo Atitude Urbana (Ed e Eds) e Febuk e Banda Santo Graal, para mais uma atitude. O evento beneficente (toda a renda será revertida para a compra do equipamento de rádio) tem o apoio da Funjope.
A idéia é resgatar o debate sobre rádio livre, do pensar e agir rádio alternativa, de mobilizar os artistas, políticos, intelectuais e a população para que não tenhamos que ficar à mercê da lógica das rádios comerciais que só tocam o sucesso do momento, que só tocam o mesmo artista durante meses, que trabalham a partir da lógica perversa de um capitalismo selvagem que atua nos meios de comunicação, com autoritarismo e desrespeito aos nossos artistas, bem como à nossa cultura local.
Estamos vindo à público lembrar que vivemos numa democracia!
Estamos vindo à público dizer que não vamos ficar calados diante dos autoritarismos praticados pela grande mídia! E nossas armas são nossas atitudes! É a nossa música, a nossa poesia, a nossa utopia!
ANTES ARTE DO QUE TARDE!

Fórum de Música de João Pessoa.

...................................................................................................................................................
SERVIÇO:
Show “Rádio Livre Já! Com a participação da Orquestra Sanfônica do Balaio Nordeste, Jaguaribe Carne, Scobá, Atitude Urbana e Febuk e Banda Santo Graal.
Onde: Teatro Santa Roza.
Dia e hora: 16 de junho de 2011, às 19hs.
Ingressos: R$10,00 (inteira) e R$5,00 (meia).
/////////////////////////////////////////////////////////////


Postes falantes
Rádios-postes: interesse comunitário


Quando se trata de rádios-postes, é preciso garantir que a discussão seja feita por vários segmentos sociais, sendo o principal deles a comunidade onde os "serviços de alto-falantes" serão instalados. Agora mesmo a Câmara Municipal de João Pessoa retoma a discussão da regularização desse serviço, defendendo que o controle seja atribuído à SECOM municipal. Mas como se trata de uma intervenção urbana, é indispensável que os órgãos da fiscalização ambiental sejam ouvidos. Me parece que essa discussão na Câmara é infrutífera enquanto os vereadores não tiverem coragem de discutir e aprovar o Conselho Municipal de Comunicação, instância de controle social indispensável à vida democrática atual, sistematicamente boicotada por setores do empresariado da comunicação local. 
/////////////////////////////////////////////////////////

Mídias públicas em debate

A Representação da UNESCO no Brasil e a Empresa Brasil de Comunicação (EBC)/TV Brasil realizam, nos próximos dias 30 de junho e 1º de julho, o Seminário Internacional de Mídias Públicas: Desafios e Oportunidades para o Século XXI.

O evento reunirá, na sede da EBC, em Brasília, alguns dos maiores especialistas internacionais em radiodifusão pública, representantes de entidades e dirigentes de empresas de comunicação da América Latina, dos Estados Unidos e da Europa.

O evento debaterá experiências de comunicação já implantadas e o futuro destas mídias no século que se inicia, marcado por grandes transformações tecnológicas que têm impacto nas comunicações em geral. Entre os temas a serem discutidos estão os modelos de gestão, os modelos de financiamento, transparência, accountability e autoregulação, manuais de jornalismo público, produção de conteúdos e programação.

O Seminário será aberto no dia 30/06, às 9h, em mesa que terá a participação da Ministra-Chefe da Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República, Helena Chagas, do Representante-Adjunto da UNESCO no Brasil, Lucien Muñoz, da Presidente do Conselho da EBC, Ima Guimarães Vieira, e da Diretora Presidente da EBC, Tereza Cruvinel.

Mais informações
UNESCO no Brasil – Assessoria de Comunicação
Ana Lúcia Guimarães - (61) 2106 3536, ana.guimaraes@unesco.org.br
Isabel de Paula – (61) 21063538, isabel.paula@unesco.org.br

Empresa Brasil de Comunicação (EBC).
Comunicação Social: 61- 3799- 5231 e 3799-5234.
////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////

Samba de raiz na Ladeira


Neste sábado,18, O Ateliê Multicultural Elioenai Gomes vai rolar mais uma edição do Casa de Bamba. O evento visa a valorização e difusão da cultura paraibana no Centro Histórico da capital. Segundo o produtor cultural, Danylo Aguiar, Casa de Bamba "é um projeto quinzenal que levará às ruas do Varadouro o que há de melhor em samba de raiz, proporcionando um encontro intimista entre artistas e amantes da boa música".

Uma roda de maculelê abre o evento a partir das 16h30. Logo depois trará o Clube do Samba de Mesa, juntamente com as participações especiais dos sambistas pernambucanos Jorge Riba e Luiza Pérola, além da participação dos músicos paraibanos Chico Limeira, Macaxeira Acioli, Danylo Aguiar, entre outros.

O Ateliê Multicultural Elioenai Gomes fica na Ladeira da Borborema, antiga morada do poeta popular Caixa D´Água, paraibano considerado patrimônio cultural da cidade de João Pessoa.

Serviço:
O que? Casa de Bamba – Samba de mesa no Ateliê
Quando? Sábado 18/06
Onde? Ateliê Multicultural Elioenai Gomes. Ladeira da Borborema, 101, Centro Histórico (Próximo à Catedral Nossa Senhora das Neves).
Horário? 16h 30
Ingressos: Individual r$7 | Mesas r$ 30 (4 pessoas)
Informações: 87309629 :: 88030786

Um comentário:

Carlos Baqueiro disse...

Lembrei de quando estive em São Paulo em 1989... tinha um programa de debate na Rádio Universitária onde um dos participantes falava da necessidade de não se tocar músicas de baixo nível que tinham origem na Bahia... kkk... os caras tiveram de nos engolir... mas prá chegar no nível de hoje, as rádios baianas tiveram de fazer uma grande corrente com os músicos daqui.
um grande abraço, Sr, Dalmo. :-)
Carlos Baqueiro, lhe fala daqui da bela Salvador.