RADIOWEB ZUMBI DOS PALMARES

terça-feira, agosto 30, 2011

Mulheres marcham para conferência estadual

Mesa de abertura no Cine Banguê (Foto: Fabiana Veloso)
Por Fabiana Veloso*


Gritos de guerra no início do evento deram o clima de fraternidade na 3ª Conferência Regional de Políticas Públicas para as Mulheres, em João Pessoa (PB). “Se uma cai, todas caem!”. Este espírito de união foi conduzido para os outros dias e estimulado com interferências performáticas sobre violência doméstica, aborto, lutas de vários segmentos.


Bandeiras, bâneres, faixas e estandartes de diversas organizações de mulheres foram apresentadas à frente do palco. A conferência foi aberta com declarações emocionadas feitas pelas participantes da mesa, em especial pela secretária de políticas publicas para mulheres de João Pessoa, Nézia Gomes, que chorou quando, em seu discurso, falou das mulheres mais necessitadas.


No segundo dia, após a leitura do regulamento e apresentação das palestras, ocorreu a formação dos grupos de trabalhos. Cada GT teve uma metodologia. No GT com o tema “Mulheres no Poder”, por exemplo, nove propostas da coordenação desse GT, foram colocadas para aprovação antes de abrir para as outras propostas, o que levou um certo tempo até o recebimento das novas contribuições.


As representantes da ABRAÇO-PB, da TVUFPB e da Fenaj formaram o bloco da comunicação para encaminhamento das propostas da área, que foram, inicialmente, recusadas por não fazerem parte daquele tema específico. Com muita argumentação e pressão foi decidido pela criação do eixo “Comunicação & Cultura”, para aceitação inicial das 27 propostas apresentadas. Algumas delas já estavam contempladas noutros GTs, também estratégicos, especialmente nos de Educação e Violência. Eram seis ao todo, sendo Meio Ambiente, Saúde e Geração de Emprego e Renda os outros temas dos grupos.


No dia seguinte a harmonia ainda pairava entre as participantes. Encaminhamentos de moções e articulação de uma chapa única, com divisão por segmentos, marcavam o ritmo para a conclusão do evento dentro do prazo. Os grupos se reuniram para discutir suas vagas. No da comunicação estavam presentes as representantes da ABRAÇO-PB, Amarc, API e Fenaj, para disputar quatro vagas. Mesmo com elogios a atuação da nossa representação da ABRAÇO-PB na conferência, a decisão das três últimas foi a de nos excluir e contemplar a representante da TVUFPB. O fato causou estranheza nos outros segmentos que decidiu fazer o remanejamento de mais uma vaga para contemplar também a representante da ABRAÇO-PB.


Pouco a pouco o esgotamento físico e mental começou a tomar conta da plenária, o que dificultou a condução dos trabalhos, mas não desanimou as mulheres, que concluíram com sucesso todos os trabalhos. As propostas foram apresentadas, reformuladas, aprovadas, suprimidas e/ou rejeitadas.


As moções foram aclamadas com exceção de uma que foi rejeitada por conter um equívoco no texto. Para a estadual foram eleitas 113 titulares para a sociedade civil, sendo 74 de João Pessoa, 11 de Cabedelo, 14 de Santa Rita, 14 do Conde. E 49 para representantes do poder público dos municípios. A conferência estadual acontecerá em outubro, no mesmo local.


/////////////////


* Fabiana Veloso é coordenadora de Comunicação da ABRAÇO-PB e coordenadora-geral da Associação Cultural Posse Nova República. Faz parte ainda do Conselho Técnico-Científico Consultivo da Associação Paraibana dos Portadores de Anemias Hereditárias (ASPPAH)

Nenhum comentário: